Sinopse

"Neste espaço encontra-se reunida uma coletânea dos melhores textos, imagens e gráficos sobre o futebol, criteriosamente selecionados e com o objetivo de contribuir para a informação, pesquisa, conhecimento e divulgação deste esporte, considerando seu aspecto multidisciplinar. A escolha do conteúdo, bem como o aspecto de intertextualidade e/ou dialogismo - em suas diversas abordagens - que possa ser observado, são de responsabilidade do comentarista e analista esportivo Benê Lima."

domingo, junho 10, 2012

O treinamento técnico tático no futebol

Fundamentos estão interligados: equipe depende que os atletas estejam preparados tecnicamente para qualificar o desempenho coletivo
Matheus Silva Ferreira da Costa* / Universidade do Futebol

INTRODUÇÃO

O futebol tem se caracterizado pela evolução do treinamento individual do atleta e coletivo da equipe tanto no campo (físico, técnico e tático) como no apoio (psicológico clínico e administrativo). Relataremos aqui concepções técnicas e táticas variadas e algumas mudanças no futebol atual procurando descrever algumas situações.

Biazzetto, Brasil e Nunes (2011, p. 90) definem fundamento técnico do futebol como uma ação necessária pelo atleta para participar do jogo, podendo ser considerado nesse caso específico os fundamentos passe, domínio, condução, drible, marcação/desarme, finalização e cabeceio (defensivo / ofensivo).

Através disso, procura-se realizar o treinamento técnico com o objetivo de desenvolver, evoluir, aprimorar ou aperfeiçoar os diversos fundamentos específicos do futebol para facilitar a habilidade do atleta no jogo.

Conforme Melo (1999, p. 38) treinamento tático de futebol é a arte de combinar a técnica individual de cada jogador, em suas diferentes linhas e posições, de modo a obter o máximo rendimento do conjunto em um determinado jogo ou objetivo.

Podemos conceituar o treinamento tático no futebol como uma forma de a equipe jogar para poder criar da melhor maneira possível o objetivo final do jogo, neste caso, o gol, sem expor a equipe defensivamente. Para isso, a equipe depende que os atletas estejam preparados tecnicamente para qualificar o desempenho coletivo.

Com isto, entende-se que o fundamento técnico e tático no futebol está interligado, pois o rendimento tático de uma equipe depende do rendimento técnico dos atletas em campo durante o jogo.

Muito se sabe na teoria sobre conceitos técnicos do jogo como diversos fundamentos que mencionamos acima e para um desempenho desejado por uma equipe é fundamental o rendimento técnico, porém necessita-se para o esporte maiores conceitos sobre o universo tático.

Luiz Felipe Scolari cita em Drubscky (2003, p. 15) que a tática por um longo tempo foi um dos ramos mais confusos do conhecimento futebolístico, carente de conceitos precisos e de clareza. Assim, pretende-se investigar uma forma de realizar o treinamento técnico e tático para desenvolver o rendimento e desempenho de uma equipe de futebol no campo em situação de jogo, formulando a seguinte questão: 

"Como elaborar o treinamento técnico e tático para o desenvolvimento do jogo em uma equipe de futebol?".

Esta pesquisa irá proporcionar um estudo com o intuito de mostrar uma das mais variadas formas de treinar o fundamento técnico e tático dos atletas futebolísticos.

Na atualidade, a ênfase nos treinamentos de futebol estão sendo realizados através do contato da bola, incluindo muitas vezes neste processo o treinamento físico, passando a ser chamado de treinamento físico-técnico.

Considerando a importância de adquirir conhecimentos sobre determinado assunto tem-se o objetivo geral de pesquisar o treinamento técnico tático do futebol através da bibliografia.

Pretende-se com isto formular uma pesquisa de cunho bibliográfico para saber uma das diversas formas de treinar o fundamento técnico e tático de uma equipe de futebol.

Nesta perspectiva Cervo e Bervian (2002, p. 66) propõem uma pesquisa onde serão analisadas fontes bibliográficas procurando informações e conhecimentos prévios para a busca da resposta do problema proposto para assim saber como os atletas evoluem o fundamento técnico e tático.

1. TREINAMENTO TÉCNICO

Pode-se utilizar o desenvolvimento técnico do atleta e/ou equipe de variadas formas dentro de um programa de treinamento, relataremos aqui quatro maneiras muito utilizada por clubes brasileiros.

1.1 O Treinamento Técnico Inserido no Treinamento Tático

Quando propomos realizar treinamento tático com bola, dependemos para isto da realização dos fundamentos técnicos como passe, cruzamento e finalização sem adversário e marcação, desarme, drible com adversário.

1.2 O Treinamento Técnico como Complemento de Treino

Este treinamento pode ser realizado antes ou após o treinamento da equipe, selecionando atletas e trabalhando de forma individual, com o objetivo de realizar um desenvolvimento específico do atleta a posição que este esteja jogando.

1.3 O Treinamento Técnico como Forma Analítica

Utilizado muitas vezes pelo preparador físico, podendo ser conhecido como treinamento físico técnico, onde os atletas realizam trabalho físico, mas utilizando a bola como forma de desenvolver a parte técnica e motivação para com os atletas.

1.4 O Treinamento Técnico como Habilidade Motora

É onde muitas vezes o atleta utiliza materiais alternativos como bola de borracha para encontrar dificuldades para quando trabalhar com bola de futebol encontrar mais facilidade de realizar os fundamentos procurando assim ter maior domínio e controle sobre a bola. 

Assim, entende-se que o fundamento técnico para o jogador de futebol pode ser de fundamental importância, podendo definir o resultado de uma partida como uma finalização ou desarme.

Deve-se então realizar um treinamento em que o jogador desenvolva este tipo de trabalho para a melhora de seus fundamentos seja com ou sem a posse da bola.

2. TREINAMENTO TÁTICO

Uma das maneiras de utilizar o treinamento tático para um melhor entendimento do atleta e/ou equipe pode ser através de trabalhos envolvendo de um até o número total de atletas, mencionaremos aqui três formas de se trabalhar a tática do futebol.

2.1 O Treinamento Tático Individual (1X0 / 1X1 / 1X2)

Quando se trabalha o atleta específico para desempenhar aquela função durante o jogo de acordo com a posição da bola, do adversário ou de sua equipe.

2.2 O Treinamento Tático de Grupo (2X1 / 2X2 / 2X3 / 3X2 / 3X3)

São situações do jogo em que envolve além do atleta individual mais um ou dois jogadores, neste caso específico podemos mencionar o entrosamento dos zagueiros no posicionamento em conjunto, dos atacantes com a aproximação de um meia atacante, dos volantes, entre outros.

2.3 O Treinamento Tático Coletivo (acima de 3X3)

Quando envolve o raciocínio acima de três jogadores, podendo trabalhar o desempenho de todo um setor do sistema tático: linhas de quatro, losango, quadrado, entre outros.

O técnico de futebol Tite (DRUBSCKY, 2003 p. 95) alerta que:
“... no futebol, mais importante que a estrutura (desenho da equipe) é a
dinâmica do sistema tático da equipe: quem ocupa este ou aquele espaço, quantos sobem e quantos ficam, etc 
(Abril de 2003).”

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Com entendimento final deste trabalho pode-se considerar que o treinamento técnico e tático estão interligados para um desenvolvimento específico do atleta futebolista.

Na parte técnica deve-se trabalhar as diversas especificidades do jogo de formas e objetivos diferentes tornando o treino motivador para o jogador, fazendo com que a consequência disto seja a sua evolução.

Para iniciar o treinamento tático deve-se estar atento às condições técnicas dos jogadores para que eles realizem os fundamentos do jogo da melhor forma possível, realizando o trabalho tático individual, em grupo e coletivo, dando, assim, um melhor entendimento ao atleta do seu posicionamento específico e do grupo.

REFERÊNCIAS
BIAZZETTO, R.Z. BRASIL, G.M. NUNES, R.J.S. Método CAP: Metodologia de Ensino da Escola Furacão do Clube Atlético Paranaense. Curitiba: Lisegraff, 2011.
CERVO, A.L. BERVIAN, P.A. Metodologia Científica. São Paulo: Atlas, 2002.
DRUBSCKY, R. O Universo Tático do Futebol: Escola Brasileira. Belo Horizonte: Health, 2003.
MELO, R.S. Sistemas e Táticas para Futebol. Rio de Janeiro: Sprint, 1999.


*Profº. Esp. em Treinamento Desportivo e Auxiliar Técnico da Categoria Sub 15 do Clube Atlético Paranaense

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário.
Em breve ele será moderado.
Benê Lima